Novos ciclos precisam deixar coisas pra trás


Alguns ciclos nós precisamos ter coragem para renovar. Ontem li um texto muito especial que me fez refletir sobre coisas inacabadas da minha vida.


Coisas que talvez estivessem me impedindo de ir pra frente. Sim, mas para seguir adiante, precisamos olhar pra trás e ver se tudo se encaixou, se nada está sendo carregado dentro de um bolso nosso, que mesmo pequeno, pesa muito e seguimos nos arrastando, tentando caminhar.


Apesar de escrever em blog, escrever relativamente bem trabalhos acadêmicos, nunca fui muito bom quando o assunto é expressar o que sinto. Ora, emoção já não é um negócio fácil de sentir, quem dirá falar.


Admiro as pessoas que conseguem chorar e sorrir facilmente, assim como falarem espontaneamente das coisinhas que estão guardadas no campo mais profundo da mente, admiro porque sei que não é fácil.


Bom, como eu estava dizendo, ontem, depois de ler um texto inspirador, eu consegui transformar em palavras muitos desses sentimentos que eu trazia comigo, guardados e reprimidos. Qual a sensação? Alívio! Não tem dieta que fosse capaz de fazer eu me sentir tão mais leve.


Quer saber como fiz isso? Cartas. Sim, uma delas até escrevi à mão. Fiz uma carta para cada uma das pessoas mais importantes e influentes do meu passado. Algumas não estão mais aqui, neste mundo, mas escrevi como se elas pudessem ler.


Meu ano, de fato, se inicia no dia 12 de janeiro, quando renovo mais um ciclo de vida. E eu não poderia iniciar mais um ciclo com os bolsos cheios de palavras que nunca foram ditas à essas pessoas tão importantes na minha história.


E você? Quais histórias, sentimentos e palavras carrega no seu bolso? Que tal aproveitar este início de ano para colocar isso em uma folha de papel esvaziar esses bolsos, tornando a caminhada da vida mais leve?


Te desafio a tentar!


Abraços e um Feliz Novo Ciclo!


André Cazé

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo